< Voltar

mais / Faça Fácil Adicionar ao favoritos

Entre cores, estampas e mil possibilidades

Por Bruna Neto | Fotos: Alexandre Andrade, Diana Freixo e Manoel Carvalho | Produção: Vera Lúcia Ayres
Além de marcar presença no artesanato desde as técnicas tradicionais até as mais modernas, o tecido encanta com sua versatilidade e é matéria-prima para uma promissora fonte de renda
Entre cores, estampas e mil possibilidades

Quando o assunto é tecido, logo pensamos em vestuário e decoração. No entanto, além de ser indispensável na confecção de peças decorativas e utilitárias, a funcionalidade desse material aparece na hora de reformar um móvel, customizar roupas, transformar objetos e, inclusive, compor trabalhos das mais variadas técnicas artesanais, tudo com uma pitada de criatividade.

Se antigamente a presença do tecido no artesanato era apreciada somente pelos profissionais do ramo e reconhecida nas técnicas mais tradicionais, como pintura, découpage, costura e fuxico, hoje sua aplicação transita por sugestões mais modernas e se mistura com outros materiais, como o papel e o isopor, por exemplo.

Isso sem falar na popularidade dos produtos feitos à mão, que tem conquistado muitos admiradores. Prova disso é o sucesso do artesanato como fonte de renda e satisfação pessoal para diversos artistas que já tiveram suas histórias contadas aqui no Portal de Artesanato. Fica a dica para quem procura um segmento promissor para apostar ao longo deste ano!

De olho nas tendências
Todo bom artesão está sempre à procura de ideias e produtos que possam aprimorar seus trabalhos. Os fabricantes de tecidos para artesanato, por sua vez, produzem coleções para atender às necessidades desses artistas com  novidades em desenhos, cores e combinaçõescada vez mais diversificados. Para isso, contam com um time de profissionais especializados, sobretudo designers, que compõem os modelos que caracterizam e tornam a marca conhecida nas lojas. Esse processo de criação é feito por meio de muita pesquisa, conversas com especialistas do ramo, olhar artístico e bagagem cultural.

A proprietária e designer da Eva e Eva Tecidos, Vera Jordão, por exemplo, conta que viaja para o exterior até cinco vezes por ano para realizar pesquisas e, assim, se inspirar para desenvolver as coleções da empresa. “É preciso estar sempre antenado às tendências do mundo e não apenas do artesanato. A inspiração vem do que está nas ruas, nas vitrines, nas obras incríveis expostas em museus de diversos lugares e até nas novelas”, explica Vera.

Já para a arte-educadora e coordenadora de marketing da Tecidos Fernando Maluhy, Cristine Torchia, o designer de tecidos deve estar atento a tudo que acontece no mundo, inclusive nos gostos peculiares de cada povo, para apresentar coleções ricas em criatividade. Com mais informação, fica mais simples prever o que as pessoas vão usar e o que estará em evidência na próxima estação. A dica vale também para quem faz trabalhos manuais e quer ser bem-sucedido no ramo.

O que está em alta
Quem não se apaixona pelas estampas temáticas de corujinhas, bigodes, caveiras e cupcakes que circulam por aí fervorosamente em forma de carteiras, bolsas, acessórios e outros itens feitos à mão? O que também continua em alta são os florais mais modernos coordenados com cores neutras, que facilitam o trabalho do artesão na hora de compor suas peças. Os poás, listrados e xadrezes são opções que não podem ficar de lado, já que são ótimos para fazer combinações.

Em relação às cores, a onda dos tons vibrantes e cítricos continua com tudo, como rosa-choque, verde-limão, amar lo e laranja. Outras boas apostas são as cores mais sofisticadas, como nude,  salmão, coral, vermelho, lilás, berinjela, além dos tons de azul, verde e marrom, sem  falar do preto. Para completar esse cenário,as cores adocicadas em tons pastel, as chamadas “candy colors”, também têm seu lugar nessa estação. De acordo com Cristine Torchia, sonhos, fantasias, energia e sensualidade são as palavraschave para arrasar nas composições.

Além disso, os preparativos para os grandes eventos esportivos – a Copa do Mundo, em 2014, e as Olimpíadas, em 2016 – estão a todo vapor, e as estampas que remetem aos detalhes da cultura brasileira, como o Cristo Redentor e a Floresta Amazônica, prometem estar muito presentes nas coleções.

Arte com tecido
Segundo especialistas do ramo, trabalhar com tecido não é caro, já que é possível reaproveitar os retalhos na produção de outras peças. O investimento pode gerar um ótimo retorno, graças à versatilidade do produto que aumenta as possibilidades de venda em diferentes setores.

Na hora de escolher o material para fazer artesanato, é ideal optar por tecidos 100% algodão, os chamados tricoline ou sarja. O próximo passo é observar a qualidade do produto. De acordo com Cristine Torchia, existem diferenças na trama, no peso, na espessura, no fio, no tratamento e no acabamento do tecido que fazem toda a diferença. É necessário selecionar materiais que não desbotem, não encolham e que sejam previamente testados para valorizar os trabalhos.

Quando o assunto é combinação, escolher cores e estampas que se harmonizem é essencial. Os fabricantes facilitam o trabalho dos artesãos com coleções coordenadas, mas fazer uma pesquisa própria ajuda muito. Vale aproximar os tecidos fisicamente uns aos outros, para checar sua harmonia, e visitar feiras e eventos do setor, além de lojas e ateliês para observar os trabalhos e aprimorar a percepção.

Para Cristine, investir em conhecimento, cultura, diferenciação e qualidade dos produtos, além de caprichar no acabamento das peças, é o caminho para se destacar no segmento. Imprimir personalidade nos trabalhos é o toque final para conquistar a credibilidade dos clientes.

Gostou das dicas? Clique nas setas da galeria de fotos para conferir e aprender o passo a passo de diversos artesanatos com tecido:

Galeria de Fotos

 

Comentários

  • Bom dia, Adoro o Portal, tem dicas ótimas como essa e a apresentação das peças são ótimas. Parabéns!!!!
    Glaucia Brito 30/08/2013 às 10:30

Deixe seu comentário:

  • Por favor digite no campo a seguir o texto que aparece distorcido na imagem. Isto é necessário para evitar que vários cadastros sejam criados automaticamente por um programa de computador.

    codigo

Técnica da semanamais sobre isso

Caixinha com scrap de carnaval

Caixinha com scrap de carnaval Confira essa matéria!

PARA PINTAR E BORDAR

GUIA DE PINCÉIS

GUIA DE PONTOS

Vendo Artesanato
Quem somos Expediente Anuncie Fale com a Redação
Home | Contato | Anuncie | Publicidade | Equipe | Assinaturas | Divulgue o Portal Artesanato Decoração | Artesanato | Yesteen | Corporativo | Buquê de Noiva | Vendo Autos | Loja Online Copyright © 2012 - IBC Instituto Brasileiro de Cultura Ltda. |